Após 14 anos fora do Campeonato Brasileiro, Bangu quer fazer bonito na Série D

Clube da Zona Oeste corre para reforçar o grupo para a disputa da competição, que começa em maio

Por O Dia

Rio - Passados 14 anos, o Bangu está de volta ao Campeonato Brasileiro. Não é a mesma situação dos anos dourados vividos na década de 1980, quando chegou ao vice-campeonato nacional em 1985, mas jogar a Série D é o suficiente para voltar a encher de orgulho o coração da torcida alvirrubra.

Moça Bonita será o alçapão do Bangu na Série DEmerson Pereira/Bangu

A diretoria manteve a base que disputou o Campeonato Carioca — com a honrosa sétima colocação — assim como a comissão técnica, encabeçada pelo treinador Roberto Fernandes. O objetivo, obviamente, é subir para a Série C para voltar, aos poucos, ao lugar que a tradição lhe reserva. A estreia será 21 de maio, contra o Villa Nova-MG, em Nova Lima. Portuguesa (SP) e Desportiva (ES) completam o Grupo 13. Apenas os dois primeiros avançam de fase.

O Bangu já começou a se mexer para reforçar o elenco. Os uruguaios Loco Abreu e Damián Eroza se despediram assim como o lateral-direito Denilson. Segundo o presidente Jorge Varela, o clube está se mexendo nos bastidores.

“Estamos buscando no mercado nomes experientes para montar um elenco competitivo para este Campeonato Brasileiro”, afirmou Varela.

Os jogadores estão treinando desde o último dia 17, quando o clube completou 113 anos de fundação. O goleiro Jefferson, 30 anos, que foi contratado por empréstimo ao Nova Iguaçu, é a principal contratação até o momento.

“Estou feliz em vestir novamente a camisa do Bangu, uma equipe de tanta tradição. Temos o grande desafio de elevar o nome do clube nacionalmente e fico feliz em fazer parte deste momento. Pretendo repetir as boas atuações do Nova Iguaçu para que tenhamos o mesmo sucesso”, disse o goleiro, que defendeu o Bangu em 2006 e 2007.
Para o meia Washinton, um dos remanescentes do grupo que disputou o Carioca, jogar a Série D do Brasileiro é uma oportunidade de ouro para o recomeço do Bangu no cenário nacional.

“Temos um bom tempo para trabalhar com tranquilidade e encaixar a equipe para buscar os resultados. Durante o Campeonato Carioca conseguimos pegar a filosofia de trabalho do Roberto Fernandes e até a estreia ele vai conseguir deixar tudo em dia. Esse é um novo começo e sinto no grupo que todos estão muito motivados. Queremos entrar na Série D para subir”, garantiu Washinton.

“Para quem quer fazer uma campanha digna e conquistar o acesso, não podemos escolher adversário. Temos que dar o nosso melhor em cada jogo. Claro que podem ter clubes que já têm um nome forte em competições nacionais, mas o nome do Bangu também é forte e de respeito. Qualquer que seja o desafio, entraremos para ganhar”, completou.

Últimas de Esporte