Com mais uma grande atuação de Ganso, Sevilla bate Celta pelo Espanhol

Meia foi muito aplaudido pela torcida ao ser substituído

Por O Dia

Espanha - Com bela atuação do meia brasileiro Paulo Henrique Ganso - que iniciou a partida como titular -, o Sevilla venceu o Celta por 2 a 1, nesta quinta-feira, em Sevilha, pela 34.ª rodada do Campeonato Espanhol. O resultado dá tranquilidade à equipe na luta por uma vaga na Liga dos Campeões da Europa.

Ganso teve mais uma boa atuação pelo SevillaEFE

O Sevilla subiu para 68 pontos na tabela de classificação, junto com o Atlético de Madri (mas atrás nos critérios de desempate), e abriu oito de vantagem para o Villarreal, concorrente na briga para estar na principal competição europeia na próxima temporada

O Celta permanece na 11.ª posição, com 44 pontos, sem chances de disputar postos nos torneios da Uefa, via Campeonato Espanhol - está nas semifinais da atual Liga Europa contra o Manchester United -, mas bastante tranquilo em relação à possibilidade de rebaixamento na liga.

Logo aos 11 minutos de jogo, o ex-são-paulino Paulo Henrique Ganso chutou de longe com perigo para o goleiro adversário. As 22 ocorreu o primeiro grande susto imposto pelo Sevilla ao time de Vigo, quando o meio-campista Iborra aproveitou um cruzamento da direita e cabeceou no pé da trave do goleiro Alvarez. O time da casa continuou pressionando o adversário, mas o primeiro tempo terminou sem gols.

No início da etapa final, aos 2 minutos, o Sevilla abriu o placar em um golaço de Correa, que avançou pela direita, tirou três defensores do Celta da jogada e bateu de perna esquerda da entrada da área. Mas os torcedores não tiveram muito tempo para comemorar a vantagem. Aos 7, o zagueiro Lenglet puxou acintosamente um adversário dentro da área. Pênalti para o clube de Vigo marcado pelo árbitro Jesus Gil e convertido por Iago Aspas.

A partida ficou bastante tensa após o empate do Celta. Os jogadores passaram a entrar mais duros nos lances. Escudero perdeu uma grande chance de recolocar o Sevilla na frente do placar ao mandar na trave uma bola após um contra-ataque puxado por Correa. Aos 28, o time da casa colocou mais uma bola na trave do adversário.

Mas, aos 33 minutos, o Sevilla pulou à frente do placar mais uma vez. Ben Yedder escorou uma bola que veio da esquerda para fazer 2 a 1. Curiosamente, os gols da equipe foram marcados por jogadores que haviam perdido a posição de titular no time do técnico argentino Jorge Sampaoli (Yedder e Correa).

Aos 41 minutos, Paulo Henrique Ganso foi substituído por Kranevitter e saiu aplaudido pelos torcedores que compareceram ao estádio Ramón Sánchez Pizjuán. Na próxima rodada, a 35.ª do Campeonato Espanhol, o Sevilla sai para enfrentar o Málaga, 14.º colocado. O Celta receberá o Atlético de Madrid, terceiro na tabela de classificação, mas muito distante dos líderes Barcelona e Real Madrid.

Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas de Esporte