Edmundo fala sobre briga na Libertadores: 'Se tivesse ali, o coro teria comido'

Com fama de 'bad boy' quando era jogador, ele defendeu os atletas do Palmeiras em confusão generalizada no Uruguai

Por O Dia

São Paulo - A partida entre Palmeiras e Peñarol, pela Copa Libertadores, na última quarta-feira, terminou com uma confusão generalizada no gramado. Entre os envolvidos na briga estava Felipe Melo. Conhecido por seu temperamento difícil, o jogador chegou a ser encurralado pelos uruguaios e tentou evitar o conflito. Mas, ao ser perseguido por Mier, o brasileiro deu um soco no atleta adversário. O ídolo do Verdão, Edmundo, comentava a partida pela 'Fox Sports' e avaliou como teria reagido caso estivesse em campo.

Edmundo comentou a briga entre jogadores do Palmeiras e do PeñarolReprodução TV

"Palmeiras tratou de se defender no final do jogo, evitando que a confusão fosse maior. Se tivesse ali jogadores mais esquentadinhos como eu, talvez pudesse o coro ter comido mais", disse o ex-jogador.

Assim como Felipe Melo, Edmundo também era conhecido por envolvimento em polêmicas brigas dentro de campo: "Quando eu era jogador (era nervoso). Agora, sou mais tranquilo".

Últimas de Esporte