Vale como Mundial? Conmebol e Uefa vão reeditar Copa Intercontinental

No Brasil, Flamengo, Santos, São Paulo e Grêmio têm títulos da competição

Por O Dia

Paraguai - O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, afirmou que é de desejo da entidade esportiva retornar com a realização da Copa Intercontinental. Em entrevista à rádio paraguaia 'Monumental', o dirigente contou que as conversas com a Uefa já estão bastante adiantadas, para a reedição da competição que coloca frente a frente os campeões da Copa Libertadores e da Liga dos Campeões.

Alejandro Domínguez foi eleito presidente da Conmebol em 2016Divulgação

"Estamos negociando para que os campeões da Libertadores e da Sul-Americana enfrentem os campeões europeus. A Intercontinental se jogaria em um campo neutro, não descarto que seja na China", disse Domínguez.

"Já existe um acordo verbal dos termos, e agora precisamos levar isso adiante. Como é um jogo único, teremos que buscar as sedes, os patrocinadores, e isso toma seu tempo de trabalho", completou.

A última edição da competição aconteceu em 2004, quando a Fifa então decidiu unir os campeões de todas as confederações do planeta, o que resultou no nascimento do Mundial de Clubes em 2005.

A Copa Intercontinental foi considerada pelos clubes brasileiros como título mundial ao longo de sua história. No Brasil, alguns times conquistaram a competição: Santos (1962 e 1963), Flamengo (1981), Grêmio (1983) e São Paulo (1992 e 1993).

Últimas de Esporte