Arsenal encerra invencibilidade do United e ainda sonha com Liga dos Campeões

Manchester estava invicto a 25 partidas no Campeonato Inglês

Por O Dia

Inglaterra - Em jogo de muitas chances de gol e muito trabalho para os goleiros, o Arsenal aproveitou a superioridade no início do segundo tempo para vencer o Manchester United por 2 a 0, em Londres, pela 36ª rodada do Campeonato Inglês, e ainda se manter vivo na luta por uma vaga na Liga dos Campeões da Europa da próxima temporada.

Arsenal marcou dois gols em cima do Manchester UnitedEFE

O time de Londres subiu para 63 pontos na competição, em sexto lugar, dois a menos do que o quinto Manchester United, que decidirá uma vaga na final da Liga Europa na próxima quinta-feira contra o Celta, no Old Trafford (a primeira partida, na Espanha, foi vencida pelos ingleses por 1 a 0). O Arsenal tem um jogo a menos do que o United e também que o quarto colocado Manchester City, com 69. A derrota também encerrou uma invencibilidade de 25 jogos do Manchester United no Campeonato Inglês.

A etapa inicial começou bastante agitada e o primeiro lance de perigo foi do United. O atacante francês Martial avançou pela esquerda do ataque aos quatro minutos e bateu para a defesa de Peter Cech, goleiro do Arsenal. Alexis Sanchez respondeu para o time londrino, aos sete, com um grande chute pela direita da área, obrigando De Gea a praticar grande defesa.

Aos 30 minutos, mais uma ótima intervenção de De Gea após chute de Chamberlain. Havia vários jogadores à frente e a bola desviou Cech salvou o Arsenal no lance seguinte, após chegada rápida de Rooney quase na pequena área. Apesar das oportunidades criadas, as equipes encerraram o primeiro tempo sem marcar: 0 a 0.

A segunda etapa começou com pressão total do Arsenal, que abriu o placar aos oito minutos com Xhaka. O suíço bateu de fora da área, a bola desviou nas costas de Ander Herrera e encobriu De Gea: 1 a 0. A equipe de Londres ampliou três minutos mais tarde, aos 11. A defesa vacilou e deu chance para um cruzamento da direita que chegou na cabeça do atacante Danny Welbeck, ex-jogador do United: 2 a 0.

Aos 19, Wayne Rooney bateu falta com muito perigo e Cech fez mais uma defesa importantíssima evitar o gol adversário. Aos 28, novamente o capitão Rooney tentou um chute colocado de fora da área, mas a bola passou por cima do gol.

Após a importante vitória neste domingo, o Arsenal volta a jogar pelo Campeonato Inglês na quarta-feira, quando visitará o Southampton em partida adiada da 26ª rodada. No sábado, vai encarar o Stoke City, também fora de casa. Já o Manchester United, após o duelo pela Liga Europa, vai medir forças com o Tottenham em Londres no próximo domingo.

Últimas de Esporte