Contratado para ser dirigente, Petkovic é anunciado como treinador do Vitória

Sérvio chegou a tratar com candidatos para o cargo, mas aceitou ser técnico

Por O Dia

Salvador - O Vitória surpreendeu nesta quinta-feira ao anunciar o sérvio Dejan Petkovic como novo técnico para o Campeonato Brasileiro. Ex-jogador e ídolo da torcida rubro-negra, ele havia sido contratado para o cargo de gerente de futebol profissional na nova estrutura de gestão do clube, mas agora foi apontado como treinador para este início de competição.

Petkovic agora é técnico do VitóriaDivulgação

Técnico do Vitória durante este primeiro semestre, Argel Fucks foi demitido após a queda nas semifinais da Copa do Nordeste. Além da eliminação diante do maior rival, o Bahia, pesou contra o treinador os desentendimentos com jogadores do adversário, em especial o volante Edson.

Desde o dia 1.º de maio, então, o Vitória vinha sendo comandado pelo interino Wesley Carvalho, que foi o técnico nas duas partidas decisivas do Campeonato Baiano. Os empates por 1 a 1, na Arena Fonte Nova, e 0 a 0, no estádio do Barradão, ambos em Salvador, foram suficientes para dar ao time rubro-negro o título estadual invicto.

Mas mesmo com a conquista e a dias de estrear no Brasileirão, a diretoria vinha encontrando dificuldades para acertar com um novo treinador. Ricardo Gomes, ex-São Paulo e Botafogo, chegou a ficar próximo do acerto, enquanto que o ex-lateral-direito Jorginho e Rogério Micale também foram cogitados, mas nenhum deles fechou com o clube.

Diante de tanta dificuldade, o Vitória resolveu dar uma chance a Petkovic, que disputará a Série A pela primeira vez como treinador. Nesta função, ele já trabalhou no Criciúma, no Sampaio Corrêa e no time sub-23 do Atlético Paranaense.

Mas foi nos gramados que Petkovic se tornou ídolo da torcida, ajudando o clube a ser campeão estadual em 1997 e em 1999, quando o Vitória levou também a Copa do Nordeste. Apesar desta relação, a escolha do sérvio foi imediatamente criticada por boa parte dos torcedores rubro-negros.

Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas de Esporte