Por sarah.borborema

Argentina - Suspeito de envolvimento em um tiroteio, ocorrido na última quarta-feira, em Córdoba, o meia Emanuel Reynoso foi processado nesta sexta-feira. As informações sobre o caso, envolvendo o camisa 10 do tradicional Talleres, foram divulgadas pelo Ministério Público Fiscal da cidade argentina. O clube agiu rápido e afastou o meio-campo, que pode perder toda a temporada argentina.

Emanuel Reynoso é jogador do TalleresReprodução Internet

Reynoso é uma das jovens promessas do futebol argentino. Este ano ele ficou famoso por marcar o gol da vitória do Talleres sobre o Boca Juniors em La Bombonera.

"A promotora María Eugenia Pérez Moreno imputou o jogador do Talleres de Córdoba Emaunel Reynoso por suspeita de abuso de armas de fogo. A investigação dos fatos que são de domínio público continua", diz a informação disponível no site do Ministério Público Fiscal.

Testemunhas afirmaram terem visto disparos sendo efetuados de dentro do veículo onde estava o jogador de apenas 21 anos.

"O fato ocorreu depois que os vizinhos repreenderam o motorista porque teria realizado 'manobras imprudentes'. Por esse incidente, três veículos ficaram danificados, e os investigadores encontraram várias cápsulas de bala que ficaram no chão", diz a nota em seguida.

O presidente do Talleres, Adrés Fassi, afirmou em nota que o clube está à disposição para possíveis esclarecimentos: "É preciso bastante cautela. Muitas vezes, são fatos que acontecem em um bairro, sem nada de mais. E quando são jogadores que têm uma conotação púbica tomam uma dimensão diferente".

O secretário de Segurança de Córdoba, Diego Hak, deu coletiva de imprensa sobre o caso: "Se a Justiça efetivamente determina que o jogador esteve lá e sua culpabilidade, nós vamos esperar uma punição exemplar por parte do clube.", finalizou.

Você pode gostar