Revoltado com provocação após derrota de seu time, homem mata o próprio primo

Uma mulher, filha da vítima, também foi atingida pelos tiros

Por O Dia

Argentina - A violência no futebol parece não ter fim. No último domingo, o superclássico argentino entre Newell's Old Boys e Rosario Central foi marcado por uma tragédia familiar.

Foto mostra rua onde aconteceu a tragédiaReprodução Internet

De acordo com o jornal argentino 'El Ciudadano', Omar Alcides Verón, um torcedor do Rosario de 44 anos foi morto a tiros por seu próprio primo, que não gostou nada das provocações recebidas após a derrota do seu Newell's por 3 a 1. O crime aconteceu no bairro Ludeña, na cidade de Rosário, onde os dois eram vizinhos.

Uma mulher, filha da vítima, também foi atingida pelos tiros, mas foi levada a tempo para um hospital particular e seu estado é considerado grave.

O torcedor, que não teve sua identidade revelada, foi encaminhado até as autoridades locais e responderá pelo crime.

Últimas de Esporte