Festinhas e problema com dirigente: Mano Menezes explica sua saída do Flamengo

Treinador relatou exageros do elenco rubro-negro em 2013: 'alguns jogadores entenderam que poderiam comemorar fora do limite que eu acredito do profissionalismo do futebol'

Por O Dia

Rio - Atual técnico do Cruzeiro, Mano Menezes teve uma passagem nada agradável pelo Flamengo em 2013. Foram três meses de trabalho e um pedido de demissão que surpreendeu a diretoria. Na ocasião, Mano disse que  sua filosofia sobre futebol não estava sendo entendida pelos jogadores, mas agora ele abriu o jogo.

Mano Menezes soltou o verbo sobre sua saída do FlamengoDivulgação

Em entrevista ao programa "Bola da Vez', que vai ao ar nesta terça-feira pela ESPN Brasil, o treinador deu detalhes de sua conturbada saída da Gávea: "Aconteceram fatos lá que me levaram a tomar uma atitude radical, porque não é comum um técnico pedir para sair. Tive que pagar multa rescisória", disse.

"E também fatos que ocorreram depois com o grupo do Flamengo, que apareceram depois em algumas festas, algumas coisas. Para quem estava atento, viu que era disso que eu estava falando. Porque nós havíamos eliminado o Cruzeiro da Copa do Brasil, um resultado importante, e aconteceram fatos naquela semana que eu achava que não deveriam ter sido comemorados. E alguns jogadores entenderam que poderiam comemorar fora do limite que eu acredito do profissionalismo do futebol", afirmou o treinador.

Uma suposta ingerência de Luiz Eduardo Baptista, vice-presidente de marketing do Flamengo na ocasião, também minou o técnico na Gávea: "Uma pessoa dentro do clube quis decidir para quem eu daria e para quem eu não daria entrevista. Foi o Bap. Eu tinha marcado duas entrevistas com dois colegas de vocês (jornalistas) e, quando essa pessoa do Flamengo descobriu, ele não queria permitir. E aí eu tive um desgaste para mostrar para ele que eu estava treinador do Flamengo, mas que o Flamengo não ia decidir minha vida profissional em todos os aspectos. Mesmo assim, fiz as duas entrevistas, e ele, internamente, considerou aquilo uma traição", concluiu.

Já sem Mano Menezes comandando o time, o Flamengo sagrou-se campeão da Copa do Brasl de 2013 sob a batuta de Jayme de Almeida. Na final, vitória sobre o Atlético-PR por 2 a 0 no Maracanã.

Últimas de Esporte