Que fase! Goleiro leva frango, abandona jogo no intervalo e vai embora de táxi

Atleta do Figueirense alegou problemas psicológicos, mas acabou demitido

Por O Dia

Santa Catarina - Quando a gente pensa que já viu tudo no futebol, vem mais uma rodada do Brasileirão para mostrar que estamos errados. Uma cena absolutamente inusitada com um goleiro aconteceu na noite desta terça-feira, na partida entre Figueirense e Boa Esporte, pela Série B, no Orlando Scarpelli.

Depois de falhar de forma bizarra ao levar um gol do meio de campo, o goleiro Fábio, do time catarinense, abandonou a partida no intervalo e foi embora de táxi. Apesar de experiente, o jogador de 38 anos alegou problemas psicológicos para tomar a decisão.

O diretor de futebol Carlos Arini falou ao final do confronto sobre o ocorrido e comunicou que o goleiro foi desligado da equipe: "A contratação do Fábio foi avalizada. Quem trouxe ele foi eu. Trabalhei com ele em 2008, sempre teve personalidade. Mas a partir do momento que ele deixa o time no intervalo, por uma falha, que acontece, ou por problemas pessoais, psicológicos, extracampo, que não sabíamos, ele não comentou. Ele foi embora, acabei de falar com o jogador. Ele não faz mais parte do elenco", afirmou.

Decepcionado, o cartola afirmou que vai em busca de um novo jogador para a posição: "Provavelmente vamos. É uma situação muito rápida o que aconteceu agora, mas não podemos deixar que se crie uma novela. Falhar, todos falham, mas ir embora no intervalo é grave. Não estou aqui para crucificar, ele me pediu desculpas, falou que estava com problema particular. Mas se ele tinha problemas particulares, nos procure antes. É normal, são seres humanos", concluiu Arini.

Últimas de Esporte