Bolt confirma presença nos 100 metros em meeting checo da IAAF World Challenge

Ele reforçou, ainda, que esta deverá ser a sua última participação no evento

Por O Dia

República Checa - Tricampeão olímpico, Usain Bolt confirmou nesta terça-feira a participação na prova dos 100 metros na 56ª edição do Golden Spike, competição realizada em Ostrava, na República Checa, em 28 de junho, e que é válida pela IAAF World Challenge. O evento serve como preparação ao Mundial de Atletismo, que será em agosto, em Londres.

Bolt disputará do Golden Spike, em Ostrava, na República ChecaAlexandre Cassiano / O Globo / NOPP

Bolt reforçou, ainda, que esta deverá ser a sua última participação no evento. "O Golden Spike Meeting, em Ostrava, é sempre uma das primeiras provas que coloco no calendário a cada ano e estou feliz de anunciar que estarei lá competindo pela nona - e última vez - em 28 de junho deste ano. Esse foi o primeiro torneio profissional que me convidou no início de minha carreira, e é justo que volte lá na minha última temporada", revelou o campeão mundial nos 100 e 200 metros e no revezamento 4x100m.

Essa será a quinta vez que o atleta de 30 anos disputará os 100 metros no Golden Spike - ele também correu três vezes nos 200 metros e uma nos 300 metros (esta uma prova não olímpica), vencendo em cada uma das disputas. Também será a sua nona aparição em Ostrava, tornando-se o evento em que ele mais esteve presente em sua carreira.

O chefe da organização do evento, Miroslav Cernosek, celebrou a lembrança de Bolt sobre sua participação ainda precoce na competição - quando era um desconhecido - e comemorou o retorno do supercampeão à República Checa.

"Estávamos discutindo a nona aparição em Ostrava do atleta mais procurado do planeta desde o seu último triunfo nos Jogos Olímpicos no Rio e, neste final de semana, ele finalmente confirmou que está pronto para correr e quer vir à sua favorita Ostrava", disse Cernosek.

Usain Bolt é o oitavo campeão olímpico no Rio-2016 confirmado para o meeting deste ano na República Checa. Também já foram anunciados os nomes do britânico Mo Farah (ganhador das provas de 5.000 e 10.000 metros), do sul-africano Wayde van Niekerk (400 metros), do norte-americano Christian Taylor (salto triplo), do alemão Thomas Rohlero (lançamento de dardo), da polonesa Anita Wlodarczyk (martelo) e dos quenianos David Rudisha (800 metros) e Conseslus Kipruto (3.000 metros).

Últimas de Esporte