Jobson, ex-Botafogo, volta à prisão por determinação judicial

Jogador, que responde um processo por estupro de vulnerável, foi encaminhado à cadeia por causa de desobediência de medidas cautelares

Por O Dia

Tocantins - Jobson está de volta à prisão. Nesta segunda-feira, uma audiência definiu o retorno do jogador à cadeia por causa de desobediência das medidas cautelares impostas a ele. O ex-jogador do Botafogo foi acusado de se ausentar da Comarca de Colmeia, onde mora, sem autorização do juiz e de sair da residência no período noturno.

Jobson voltou à prisão no TocantinsBruno de Lima

O ex-jogador do Botafogo responde um processo por estupro de vulnerável. No ano passado, Jobson e amigos foram acusados de estuprar quatro adolescentes em Tocantins, mas o atleta ganhou liberdade provisória três meses depois de pagar fiança de R$ 22 mil.

No entanto, após agredir um árbitro durante uma partida de futebol amador no Pará e se envolver em acidente de carro que terminou com a morte do seu cunhado, Jobson voltou à prisão na noite da última segunda-feira.

O envolvimento em acidente de trânsito, na semana passada, comprovou que ele estava fora da Comarca, porque aconteceu em Marianópolis. Ele também é suspeito de ingerir bebida alcoólica, outra norma da medida cautelar.

Jobson foi preso no dia 23 de junho do ano passado por suspeita de estuprar quatro adolescentes. O processo foi instaurado no Pará, mas enviado para o Tocantins onde o crime teria ocorrido.

Últimas de Esporte