Covardia! Vestiário do Bangu é invadido e funcionários e jogadores são agredidos

Equipe da Zona Oste reclama que torcedores da Desportiva entraram com garrafas e outros objetos cortantes no Estádio Engenheiro Araripe

Por O Dia

Espírito Santo - A deleção do Bangu viveu momentos de tensão após o empate em 2 a 2 com a Desportiva Ferroviária em Cariacica, no Espírito Santo. De acordo com relatos de funcionários e jogadores, alguns torcedores da equipe local invadiram o vestiário dos cariocas com garrafas e outros objetos cortantes.

Garrafa quebrada no vestiário do BanguEmerson Pereira/ Divulgação/ Bangu

De acordo com o clube, o jogador Hygor Guimarães foi agredido com uma garrafa de vidro, o zagueiro Cleidson teve corte em uma das mãos e o massagista Marcos Aurelio levou um golpe pelas costas que deixou um relevo na região atingida. A equipe local nega os incidentes.

A clube da Zona Oeste carioca emitiu nota oficial explicando e lamentando o caso:

É com tristeza que o Bangu Atlético Clube vem a público comentar um fatídico episódio que ocorreu com nossos atletas e funcionários neste sábado, 10, no Estádio Engenheiro Araripe, em Cariacica, Espírito Santo.

Nossos atletas e funcionários foram covardemente agredidos por bandidos travestidos de torcedores da Desportiva Ferroviária ao final do jogo entre as equipes. O vestiário em que estava a equipe do Bangu Atlético Clube foi arrombado e invadido por estes meliantes armados com garrafas e outros objetos cortantes.

Não bastasse a invasão ora relatada, nosso atleta Hygor Guimarães foi covardemente agredido com uma garrafa de vidro de grande periculosidade, o nosso zagueiro Cleidson teve corte em uma das mãos e nosso massagista Marcos Aurelio também foi vítima com um golpe pelas costas que deixou um relevo na região atingida.

Ressaltamos que o Bangu Atlético Clube não aceita que eventos como esse aconteçam e se repitam. O clube repudia qualquer ato de violência e aguarda providências das autoridades, inclusive as autoridades esportivas, no sentido que esses indivíduos sejam punidos. A todos os profissionais que passaram por este incidente desagradável, manifestamos apoio e solidariedade.

Últimas de Esporte