'Boto a mão no fogo por Cristiano Ronaldo', diz técnico de seleção após polêmica

Treinador, no entanto, se mostrou incomodado por ter que responder sobre a situação do atleta na véspera da estreia da Copa das Confederações

Por O Dia

Rússia - As acusações de fraude fiscal contra Cristiano Ronaldo na Espanha não abalaram o prestígio do craque na seleção portuguesa Na véspera da estreia na Copa das Confederações, contra o México, em Kazan, o técnico do país, Fernando Santos, reafirmou a confiança em seu comandado e garantiu: "Boto a mão no fogo por ele".

Fernando Santos é o técnico da seleção de PortugalDivulgação

"Fui o último treinador do Cristiano Ronaldo em Portugal (antes de ele ir para o Manchester United), tinha 18 anos. Não costumo pôr mãos no fogo por ninguém, mas boto as mãos no fogo por Cristiano Ronaldo, tanto como homem quanto como atleta, em relação à sua honestidade e idoneidade", declarou o treinador.

Fernando Santos não poupou elogios a Cristiano Ronaldo, a quem chamou de "pessoa fantástica" e "homem honesto", e garantiu apoio durante a Copa das Confederações. "A seleção apoia o Cristiano Ronaldo. Estamos muito unidos porque nos apoiamos incondicionalmente", afirmou.

O treinador, no entanto, se mostrou incomodado por ter que responder sobre a situação de Ronaldo na véspera da estreia da Copa das Confederações e, por isso, limitou as perguntas sobre o craque. Em relação ao duelo com o México, descartou qualquer favoritismo de Portugal.

"Não somos favoritos a nada. Somos candidatos, mas há equipes mais favoritas. O primeiro jogo é sempre o mais difícil, e o México é uma equipe que vale pelo seu coletivo, tem jogadores velozes e técnicos, sobretudo na frente. Mas estamos preparados e com confiança para este jogo e a competição", considerou.

Últimas de Esporte