Após sofrer nocaute, lutador é internado em estado grave e respira por aparelhos

Semana passada, Tim Hague morreu após ser muito castigado em combate

Por O Dia

Argentina - Mais um caso grave choca o mundo do boxe. Depois da morte de Tim Hague aos 34 anos na semana passada, desta vez um pugilista está internado em estado grave na Argentina após sofrer um nocaute no sábado.

O argentino Saúl 'El Indio' Peralta, de 27 anos, está em coma no Hospital de Emergencias Clemente Álvarez de Rosario, em Santa Fé, na Argentina, após ser brutalmente nocauteado na luta contra Elías Damián Araújo, pela categoria meio-médios. 

A esposa do lutador comunicou aos órgãos de imprensa que Peralta está em estado muito grave e que respira por aparelhos.

Tim Hague

O ex-lutador do UFC Tim Hague morreu aos 34 anos após ter sido nocauteado durante uma luta de boxe realizada em Edmonton, no Canadá. Hague estava em estado crítico num hospital desde que enfrentou o pugilista Adam Braidwood. O canadense sofreu várias quedas em apenas dois rounds de luta mas o árbitro só encerrou o combate quando o lutador caiu estirado no ringue e sem nenhuma condição de se levantar.

Assim que a luta terminou, o ex-UFC foi encaminhado para o hospital local e em seguida transferido para a UTI em virtude da gravidade do seu estado, mas não resistiu.

Segundo o jornal canadense 'Edmonton Journal', a comissão atlética da cidade está conduzindo uma investigação sobre o caso e pediu relatos de todos os árbitros, juízes, médicos e inspetores que trabalharam no combate.

Últimas de Esporte