Ronaldo Fenômeno é condenado a pagar indenização para jornalista

José Aveline Neto alega que teve sua câmera tomada pelo ex-jogador

Por O Dia

Rio - Por um incidente ocorrido durante a Copa do Mundo de 2002, o ex-jogador e empresário Ronaldo foi condenado a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao jornalista José Aveline Neto, por dano moral. O Fenômeno ainda pode recorrer da decisão, assinada pelo desembargador Fernando Foch, da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Ronaldo Fenômeno pagará indenização a jornalistaReuters

Aveline teve sua câmera tomada por Ronaldo, acompanhado de seus seguranças, após fotografar o jogador acompanhado de Ronaldinho Gaúcho em uma boate na cidade de Seogwipo, na Coreia do Sul. Os atletas apareceram na noitada após o Brasil derrotar a China, por 4 a 0, na primeira fase do Mundial.

O jornalista contou que, após destruir o filme, Ronaldo se recusou a devolver a câmera, mesmo com a intervenção de um assessor da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo Neto, ele teria autorização do estabelecimento para usar seu material no local.

Últimas de Esporte