Acerj repudia as acusações do Santos a Eric Faria: 'Atitude leviana e criminosa'

Clube pede que jornalista seja descredenciado como repórter de campo

Por O Dia

Rio - A diretoria do Santos enviou à CBF um pedido de anulação da partida contra o Flamengo alegando interferência externa num lance polêmico onde a arbitragem marcou um pênalti e depois voltou atrás. No documento, o time paulista acusa o repórter Eric Faria, da TV Globo, de ter informado o quarto árbitro Flávio Rodrigues de Souza de que não houve a falta no lance. A Associação de Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro (Acerj) condenou veementemente o caso.

A arbitragem do jogo entre Flamengo e Santos foi pautada por polêmicaReprodução Youtube

Em nota ofical, a entidade critica o posicionamento do Santos e exige que o clube apresente provas concretas. "A Acerj não aceita que um clube acuse um profissional sem os devidos argumentos sólidos que possam respaldar tais afirmações".

Além da anulação do jogo, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Santos pede à CBF que "proíba a permanência de repórteres na lateral do campo e que eles se comuniquem com a equipe de arbitragem durante as partidas; a punição adequada do trio de arbitragem de Santos x Flamengo; e que Eric Faria seja descredenciado como repórter de campo".

CONFIRA A NOTA OFICIAL DA ACERJ NA ÍNTEGRA

A Associação de Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro – ACERJ – vem a público repudiar com veemência as acusações do Santos Futebol Clube ao associado Eric Faria, da Tv Globo de ter interferido na decisão da arbitragem do jogo Santos x Flamengo, pela Copa do Brasil, na Vila Belmiro, no último dia 26/06/2017. Mais que isso, a Associação exige que o Santos F. C. apresente provas concretas relativas às afirmações envolvendo o profissional.

A ACERJ não aceita que um clube acuse um profissional sem os devidos argumentos sólidos que possam respaldar tais afirmações.

Acusar sem provas é, antes de mais nada, uma atitude leviana e criminosa.

Últimas de Esporte