Com um pé no Barcelona, Coutinho desfalca Liverpool na Liga dos Campeões

Jogador pediu para não atuar em playoff da competição européia

Por O Dia

Alemanha - O Liverpool divulgou nesta segunda-feira os atletas que foram relacionados para viajar até a Alemanha para jogar contra o Hoffenheim, nesta terça, às 15h45 (de Brasília), pelo mata-mata que antecede a fase de grupos da Liga dos Campeões. Na lista, uma ausência chama a atenção: o brasileiro Philippe Coutinho.

O meio-campista é protagonista em uma novela sobre a sua transferência para o Barcelona. Depois do clube inglês ter negado duas propostas oficiais dos catalães, de 80 e 100 milhões de euros (300 milhões e 376 milhões de reais, respectivamente, na cotação atual), o jogador entregou ao clube, na véspera do primeiro jogo oficial do Liverpool na temporada 2017/2018, um pedido oficial de liberação para que pudesse ser negociado com outro clube.

Coutinho vai desfalcar clube inglêsEfe

Sem poder contar com o meia da seleção brasileira, o Liverpool levou um gol nos acréscimos e cedeu o empate por 3 a 3 com o Watford, no último sábado, fora de casa, em sua estreia neste Campeonato Inglês. Apesar do desfalque após o jogador manifestar oficialmente seu desejo de ir embora, o clube continua negando que irá vender Coutinho e garante que o atleta está nos planos para esta temporada europeia.

O Liverpool tem como trunfo em sua tentativa de segurar o meio-campista o fato de o contrato do brasileiro não possuir uma multa rescisória. O seu último compromisso com o clube foi assinado em janeiro passado e é válido por cinco anos. Assim, o clube somente venderá o seu camisa 10 se satisfazer com uma proposta ou se o meia forçar a barra e se recusar a seguir atuando pelo time.

Antes de Coutinho ficar fora da estreia do Liverpool, o clube justificou a ausência do jogador dizendo que o mesmo sofria com dores nas costas, que o levaram a perder uma semana de treinamentos.

Além do brasileiro, Sturridge, Lallana e Clyne, todos lesionados, não participarão deste duelo de ida do mata-mata com o Hoffenheim, nesta terça, na Rhein-Neckar-Arena, na Alemanha - a partida de volta do playoff que definirá a classificação à fase de grupos da Liga dos Campeões será na semana que vem, em Liverpool.

Coutinho manifestou seu desejo de deixar o Liverpool horas depois do Fenway Sports Group (FSG), companhia norte-americana que controla o clube, se posicionar oficialmente dizendo que nenhuma oferta pelo meia seria considerada na atual janela de transferências internacionais. E, após as recusas de propostas feitas pelo Barcelona, o próprio técnico Jürgen Klopp vem repetindo a cada entrevista coletiva que o jogador não estaria à venda e que o Liverpool não precisava se desfazer do camisa 10.

Últimas de Esporte