Liverpool vence na Alemanha e fica perto da fase de grupos da Liga dos Campeões

Philippe Coutinho não fez falta aos Reds que derrotaram o Hoffenheim

Por O Dia

Alemanha - O Liverpool venceu o Hoffenheim na Alemanha e colocou um pé na fase de grupos da Liga dos Campeões. Mesmo atuando na casa do adversário nesta terça-feira, o time inglês foi preciso para aproveitar as oportunidades e levou a melhor por 2 a 1 em um movimentado confronto, no qual o adversário chegou a perder um pênalti.

Com o resultado, o Liverpool pode até perder por 1 a 0 na volta, na quarta-feira da semana que vem, em casa, que estará classificado à fase de grupos da principal competição europeia de clubes. Ao Hoffenheim, resta vencer por dois gols de diferença ou por um placar superior a 2 a 1.

Liverpool venceu compromisso pela Liga dos CampeõesAFP

Apesar da vitória, a defesa inglesa cometeu muitos erros e assustou seu torcedor. Aos 10 minutos, o Hoffenheim teve a chance de abrir o placar quando Gnabry foi para cima de Lovren e foi calçado. O árbitro, inicialmente, não marcaria, mas foi alertado pelo auxiliar atrás do gol e assinalou o pênalti. Kramaric foi para a cobrança e bateu muito mal, fraco, quase no meio do gol. Mignolet esperou e espalmou com muita facilidade.

A resposta foi imediata e o Liverpool perdeu grande chance aos 14, na velocidade de Salah, que arrancou do meio de campo e finalizou na saída do goleiro, rente à trave. Aos 34, saiu o primeiro gol inglês. Alexander-Arnold bateu falta da intermediária e acertou o canto esquerdo baixo de Baumann, que só observou.

O Hoffenheim voltou a assustar aos 42. Gnabry recebeu na área, dominou e encheu o pé no peito de Mignolet. No rebote, Sandro Wagner emendou da meia-lua e acertou a trave. Mas a última chance do primeiro tempo foi do Liverpool, com Lovren, que cabeceou com muito perigo.

O cenário do duelo continuou inalterado no segundo tempo, e ambas as equipes seguiram criando muito. Aos dois minutos, Mané fez linda jogada pela esquerda e tocou para Firmino, que parou no goleiro. Aos 21, Kramaric cruzou e deixou Gnabry em ótimas condições, mas o alemão não pegou bem na bola.

Com o Hoffenheim no ataque, o Liverpool lutava por um contra-ataque para matar o jogo, e ele veio aos 28. Firmino recebeu com liberdade no meio de campo e deu enfiada perfeita para Milner. O inglês levantou a cabeça e cruzou, a bola desviou na defesa e entrou no ângulo esquerdo do goleiro.

Mas o Hoffenheim merecia pelo menos um gol, que veio aos 41 minutos. Uth recebeu lançamento longo, aproveitou cochilo de Alexander-Arnold, que ficou reclamando de impedimento, e matou no peito com estilo antes de bater cruzado e marcar belo gol, que manteve viva a esperança do time alemão.

OUTROS RESULTADOS

Ainda nesta terça, o Sporting recebeu o Steaua Bucareste em Lisboa e decepcionou sua torcida ao ficar no empate por 0 a 0, mesmo com um jogador a mais na parte final do segundo tempo. Assim, terá que buscar ao menos uma nova igualdade, mas com gols, na Romênia, se quiser ir à fase de grupos da Liga dos Campeões.

Já o CSKA Moscou contou com grande infelicidade do zagueiro Nuhu para vencer o Young Boys por 1 a 0, na Suíça, e encaminhar a vaga. O jogador marcou gol contra de cabeça já nos acréscimos do segundo tempo e definiu o triunfo do time russo, que pode até empatar em casa para ir à fase de grupo.

Nas outras partidas do dia pela fase preliminar do torneio, o Qarabag recebeu o Copenhague no Azerbaijão e saiu em vantagem ao vencer por 1 a 0. Outro mandante que ficou mais perto da vaga foi o APOEL Nicósia, que bateu o Slavia Praga por 2 a 0 no Chipre.

Últimas de Esporte