Botafogo x Flamengo: Confira um raio-x da semifinal da Copa do Brasil

Alvinegro tem uma defesa mais consistente, mas Rubro-negro leva vantagem no poderia ofensivo

Por O Dia

Rio - Botafogo e Flamengo voltam a se enfrentar em uma semifinal de Copa do Brasil. Em 2013, deu o Rubro-Negro. Nesta quarta-feira, às 21h45, no Nilton Santos, uma nova história começará a ser contada. Para começar a esboçar essa nova página, recorremos às estatísticas das duas equipes até o momento na edição 2017. 

Botafogo tem como trunfo a defesaAlexandre Brum / Agência O Dia

O Flamengo é o segundo semifinalista que mais mantém a bola nos pés, perde só para o Grêmio. Em 360 minutos jogados, o Rubro-Negro ficou com a bola por 129 minutos. Segundo dados do site Wyscout, a equipe da Gávea fica à frente do Botafogo no número de passes certos – 1.714 até agora contra 1.349 do adversário. A equipe, comandada agora por Reinaldo Rueda, é também a que mais finalizou: 54 finalizações convertidas em 6 gols – um gol a cada 9 finalizações. 

Reinaldo Rueda vai estrear no FlamengoDivulgação / Flamengo

No entanto, se o ataque do Flamengo tem números que o deixa em vantagem em relação ao Alvinegro, a defesa deixa a desejar. A equipe rubro-negra tem a defesa mais vazada entre os semifinalistas, com cinco gols sofridos. Outro dado negativo que chama a atenção é o número de faltas cometidas. O clube é o mais faltoso, com 62 faltas em quatro jogos disputados. 

O Botafogo é o time que menos fica com a bola entre os semifinalistas. São 112 minutos com a bola nos pés em 360 jogados. Mas, apesar de ter finalizado menos, 12% dos chutes a gol terminaram nas redes. Foram 47 oportunidades e seis gols – desempenho muito parecido com o do rival desta quarta, que tem 11%. Além disso, o time alvinegro tem a melhor defesa, ao lado do Grêmio. Foram apenas três gols sofridos no torneio.

Informações da assessoria da CBF

Últimas de Esporte