Por jessyca.damaso

São Paulo - O atacante Lucas Pratto foi socorrido de forma urgente e precisou deixar o campo de uma ambulância durante o clássico entre São Paulo e Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Aos 22 minutos do primeiro tempo, ele foi cabecear a bola dentro da área e o meia Hernanes acabou acertando por acidente o joelho na parte lateral da sua cabeça. O argentino caiu desacordado no gramado e foram cinco minutos de tensão no estádio palmeirense.

Logo o médico do São Paulo, José Sanches, chegou e colocou o jogador de lado. O médico do Palmeiras, Gustavo Magliocca, também foi ajudar e alguns jogadores correram para abrir caminho entre as placas de publicidade para que a ambulância no estádio pudesse entrar no gramado.

Os jogadores do São Paulo não escondiam o nervosismo e a preocupação com a situação do companheiro. Perto dele, Sidão se ajoelhou e começou a rezar. Outros tentavam um contato visual com o jogador, que continuava deitado e sendo atendido pelos especialistas. Aos poucos Pratto foi recobrando a consciência e os médicos colocaram um colar cervical no atleta, que saiu de maca para a ambulância e foi direto para o hospital.

Apesar do susto, o São Paulo informou que o jogador está bem, mas por precaução passará por exames e até uma tomografia para ver se não tem nenhum problema. Ele vai ficar em observação até que não exista nenhum risco para sua saúde. Vale lembrar que, pelo Paulistão deste ano, no mesmo estádio, Pratto quebrou o nariz após receber uma cabeçada de Vitor Hugo.

À TV Globo, a assessoria do São Paulo informou que o jogador está bem e acordado, tendo chegado consciente ao hospital. O médico da equipe informou que o atleta não tem qualquer problema com os sinais vitais e de locomoção.

Você pode gostar