Campeã olímpica se aposenta precocemente por conta de anorexia

Com 19 anos, a atleta já havia iniciado tratamento em janeiro deste ano

Por O Dia

Rússia - A russa Yulia Lipnitskaya, de 19 anos, campeã olímpica nos Jogos de Inverno de Sochi em 2014 irá encerrar a carreira para lutar contra a anorexia. Ela competia na patinação do gelo e a decisão foi anunciada por sua mãe.

Yulia iniciou o tratamento contra a doença em janeiro deste ano. De acordo com a sua mãe, a decisão de se aposentar já havia sido comunicada à Federação Russa de Patinação em abril.

Yulia Lipnitskaya encerrou a carreiraReprodução Internet

Yulia era considerada uma das maiores promessas da patinação no gelo. Com apenas 15 anos, ela se sagrou campeã olímpica, quebrando um recorde que durava desde 1936.

Em uma entrevista, Yulia chegou ainda a reclamar abertamente sobre a perda de liberdade por conta da fama e afirmou que se sentia em constante estresse para poder tentar atender as expectativas de torcedores e treinadores.

Um dos principais sintomas é a tentativa de manter-se em um peso abaixo do normal. Assim, o distúrbio alimentar pode fazer com que a pessoa fique na obsessão por tudo o que come, podendo até desencadear a compulsão alimentar. No entanto, a anorexia trata-se de uma doença que pode durar alguns anos ou até mesmo a vida inteira. O tratamento, no entanto, deve ser feito através de auxílio médico.

Últimas de Esporte