Ex-técnico de seleção abandona o futebol após ser diagnosticado com Alzheimer

Nelson Acosta comandou equipe do Chile na Copa do Mundo de 1998

Por O Dia

Rio - Nelson Acosta, treinador que esteve à frente da seleção chilena na Copa do Mundo de 1998, se aposentou do futebol por conta de um diagnóstico de Alzheimer, feito após passagem pelo Deportes Iquique, que se encerrou em 2015.

Nelson Acosta abandonou o futebolAFP

A informação foi revelada pelo 'La Tercera', jornal local, neste domingo. Segundo a publicação, os sintomas da doença já vinham aparecendo até mesmo durante os treinamentos, conforme revelaram atletas treinados por Acosta.

"Ele esquecia muitas coisas. Dava uma instrução e, na sequência, começava a falar a mesma coisa", contou um deles, que não se identificou. Outro ex-comandado do chileno afirma que Acosta chegou a esquecer de um treinamento marcado por ele mesmo.

Em duas passagens pelo Chile, Acosta disputou 94 jogos, vencendo 36 destes. Sua maior conquista com a seleção de seu país foi uma medalha de bronze em Sydney-2000. Por clubes, venceu o Campeonato Chileno por três vezes: duas com o Cobreloa e uma com o Everton.

Últimas de Esporte