Reinaldo e Tostão são imortalizados na Calçada da Fama do Mineirão

Maior estádio de Minas Gerais completa 52 anos nesta terça-feira

Por O Dia

Reinaldo será homenageadoAgência i7 / Mineirão

Belo Horizonte - No dia em que comemora 52 anos, a Calçada da Fama do Museu Brasileiro do Futebol, espaço cultural do Gigante da Pampulha, ganhou as ilustres marcas dos dois maiores artilheiros do estádio.  Como forma de reverenciar e homenagear dois ídolos de gerações Reinaldo, eterno 'Rei' do Atlético, e Tostão, maior jogador da história do Cruzeiro, o Mineirão convidou os dois craques para imortalizarem suas pegadas no Gigante da Pampulha. Os moldes dos pés dos maiores craques do futebol mineiro serão expostos em bronze.

Tostão e Reinaldo, ícones que escreveram histórias inesquecíveis no gramado do Mineirão, se juntam a outros 23 importantes nomes do futebol que já estavam representados na Calçada da Fama: Alex, Amaury, Buglê, Dadá Maravilha, Dirceu Lopes, Djalma Santos, Eder, Euller, Evaldo, Jair Bala, Juca Show, Luisinho, Marques, Nelinho, Piazza, Procópio, Pelé, Palhinha, Ronaldo e Sorin já deixaram as marcas dos seus pés, enquanto os goleiros Fábio, João Leite e Raul imortalizaram as mãos.

A expectativa é que as placas de bronze com as pegadas dos dois craques estejam expostas ainda em setembro. O MBF funciona às 3ª feiras, das 9h às 20h; de 4ª à 6ª, de 9h às 17h, e aos sábados e domingos, das 9h às 13h. A entrada custa R$20.

Últimas de Esporte