CEO da Copa diz que brasileiros estão entre os que mais procuram ingressos

Bilhetes mais baratos para o Mundial de 2018 custam US$ 105 (R$ 326), na fase de grupos. Os mais caros, para a final, são de US$ 1.100 (R$ 3.420)

Por O Dia

Rússia - Torcedores brasileiros estão entre os que mais solicitaram ingressos até agora para a Copa do Mundo de 2018. Quem revelou isso foi Alexey Sorokin, CEO do Mundial da Rússia. Em entrevista ao Estado, o dirigente insistiu que o evento não será apenas para o torcedor russo e que está "satisfeito" com a procura até agora por ingressos no exterior. 

Torcida brasileira está entre os que mais procuram ingressos para a Copa do Mundo na Rússia em 2018Reuters

Na semana passada, a primeira fase da venda de ingressos para a Copa foi aberta ao público. Até outubro, torcedores de todo o mundo podem se inscrever para participar de um sorteio. De acordo com Sorokin, um total de 1 milhão de pedidos já foram recebidos. "Esse foi um número positivo", afirmou.

Ele admite que 80% dos pedidos está vindo da própria população russa ou de torcedores estrangeiros que moram nas cidades do país. "Mas um quinto veio do exterior e isso é muito positivo", disse.

Segundo ele, americanos, mexicanos, argentinos, brasileiros e chineses estão entre os que mais fizeram solicitações de entradas para a Copa. Ainda que não tenha números exatos, Sorokin acredita que a classificação antecipada do time de Tite ajudou a atrair a atenção do torcedor brasileiro. 

Assim como em 2014, a população russa contará com ingressos mais baratos que o restante dos torcedores. "Essa categoria de entradas é que mais tem encontrado procura", comentou. 

A primeira rodada de vendas termina em meados de outubro. Mas, para o restante, Sorokin acredita que a busca por parte de estrangeiros poderá ser ainda maior. Das 32 seleções que estarão na Rússia, apenas oito já tem seus passaportes carimbados. 

Os ingressos mais baratos para a Copa do Mundo de 2018 custam US$ 105 (R$ 326), na fase de grupos. Os mais caros, para a final, são de US$ 1.100 (R$ 3.420).

Últimas de Esporte