Meia ex-Fluminense rescinde contrato com clube de São Paulo

Jogador tinha contrato com a equipe até o final desta temporada

Por O Dia

São Paulo - O meia Cícero está oficialmente fora do elenco do São Paulo. O jogador e a diretoria do clube entraram em acordo nesta quinta-feira e anteciparam a rescisão de contrato do atleta, que iria até dezembro. Afastado desde agosto, o jogador já estava fora dos planos do clube tricolor.

Contratado a pedido do ex-técnico Rogério Ceni, Cícero chegou ao São Paulo como um dos principais reforços para a temporada. Tinha a confiança do treinador e chegou a se destacar no início do ano. Exibindo pouca movimentação em campo, perdeu a posição de titular no time ainda sob o comando de Ceni, após a derrota para o Atlético Paranaense por 1 a 0, em junho, em Curitiba.

Antes disso, em maio, se envolveu em uma questão polêmica, quando admitiu ter sido atingido involuntariamente por um objeto chutado pelo técnico no vestiário do Morumbi, durante as semifinais do Campeonato Paulista contra o Corinthians.

Cícero não teve boa passagem pelo São PauloDivulgação

Na ocasião, Cícero se mostrou revoltado com o vazamento de informações internas no grupo e, desde então, passou a ficar fora dos planos da equipe e não chegou a jogar com Dorival Junior, o atual treinador da equipe tricolor.

Após saber que não estava mais nos planos do time, o atleta lamentou que o seu afastamento do São Paulo tenha coincidido com um momento difícil para a equipe no Campeonato Brasileiro. "A fase que o São Paulo se encontra dentro e fora de campo não é boa e como normalmente acontece no futebol, quiseram achar um culpado por toda a situação".

CUEVA 

Depois uma sequência de jogos em que foi criticado por render menos que o esperado, o peruano Cueva, que chegou a perder espaço entre os titulares do São Paulo, voltou a ser decisivo. Os últimos três gols do time tiveram participação do meia e, com oito assistências, é o maior "garçom" tricolor da temporada.

No triunfo sobre o Vitória, foi reserva, entrou no intervalo e deu uma nova cara ao time. Com seis minutos em campo, cobrou escanteio na medida para Militão cabecear e abrir o placar e, mais tarde, fez um gol olímpico. Contra o Corinthians, voltou a ser titular e, na jogada do gol de Petros, tabelou com o volante

O jogador tem a confiança de Dorival Junior. "O Cueva vem se recuperando, melhorando rodada a rodada e já está com um nível de força maior", afirma o treinador. "É um jogador preparado, focado e concentrado e que vai nos ajudar bastante nos jogos finais do Campeonato Brasileiro. No clássico, ele batalhou bastante, combateu e se entregou pelo time. Foi uma postura aguerrida".

Retomando a boa fase no São Paulo, Cueva foi novamente convocado para defender a seleção peruana nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Ele foi chamado pelo técnico argentino Ricardo Gareca para os confrontos contra Argentina no dia 5 de outubro, no estádio de La Bombonera, em Buenos Aires, e Colômbia no dia 10, em Lima, no Peru.

O São Paulo segue se preparando para o duelo contra o Sport, marcado para este domingo, no estádio do Morumbi. Com 28 pontos, o time ocupa a 17.ª posição e com uma vitória sobre os pernambucanos tem grandes chances de deixar a zona de rebaixamento.

Últimas de Esporte