Cavani admite atrito com Neymar, mas diz que isso não pode afetar união do grupo

Problema entre os dois jogadores do Paris Saint-Germain começou por causa da disputa pelo posto de cobrador de pênaltis da equipe francesa

Por O Dia

Paris - Após a vitória do PSG sobre o Bayern, Cavani admitiu que existem "diferenças" entre ele e Neymar, em entrevista ao canal italiano 'Mediaset Premium'. O uruguaio, entretanto, diz que o problema não pode afetar o rendimento da equipe. O brasileiro também tentou minimizar a questão.

Cavani diz que o problema não pode afetar o rendimento da equipeMontagem

"O objetivo é sempre o mesmo para mim: penso no meu time e em voltar para a casa com um sorriso no rosto porque vencemos. Seguramente somos diferentes, mas no momento de entrar em campo devemos lutar como uma verdadeira família. Sempre procuro estar disponível. Há diferenças, cada um tem sua maneira de pensar, de ser e de viver, mas em campo devemos agir como um grupo, é isso que conta", afirmou Cavani à emissora.

"É que inventam muita história", disse Neymar. O atrito entre os dois jogadores começou por causa da disputa pelo posto de cobrador de pênaltis do time. A dupla estará em campo novamente amanhã, diante do Boudeaux, pelo Campeonato Francês, no Parque dos Príncipes.

Últimas de Esporte