Guardiola relembra tempo como gandula e diz que nunca vai perdoar ex-Barcelona

Técnico espanhol conversou com Gary Lineker e 'reclamou' com o ex-atacante, que nunca lhe deu uma camisa do clube, apesar dos pedidos

Por O Dia

Rio - O espanhol Pep Guardiola é reverenciado, desde os tempos de Barcelona, como um dos melhores técnicos do futebol mundial. Entretanto, o treinador do Manchester City relatou tempos "difíceis" vividos quando ainda era um jogador da base do clube catalão.

Em entrevista ao ídolo inglês Gary Lineker, hoje comentarista da BBC, o técnico brincou com uma mágoa que ainda tinha em relação ao ex-jogador, que vestiu a camisa do Barça entre os anos de 1986 e 1989.

Guardiola revelou mágoa com atacante inglêsEfe

"Você sabia que eu era o gandula na sua época? E eu lhe dava as bolas quando você estava jogando lá. Você não se lembra? Sempre me lembro, talvez não seja correto dizer. Eu sempre te pedi por uma camisa após o jogo, e você nunca me deu. Nunca vou te perdoar por isso", disse Pep, aos risos.

O ex-jogador da seleção inglesa tentou contornar a situação, explicando que não tinha permissão para entregar a camisa. Lineker ainda brincou com Guardiola, apontando que o gandula seria irreconhecível.

"Eu não sabia que era você, mas você provavelmente tinha cabelo. Agora eu me sinto muito mal. Eles nunca nos permitiam dar nossas camisas naqueles dias. Hoje em dia eles têm muitas camisas. Lá você tinha que ficar com a mesma camisa toda a temporada."

Pouco depois de Lineker deixar a Espanha, Guardiola foi alçado ao time principal do Barcelona, em 1990. Ficou no clube catalão até 2001, até se transferir ao Brescia.


Últimas de Esporte