Partida da Série B termina com denúncia de racismo e confusão generalizada

Zagueiro do América-MG, Messias afirmou que Rodolfo, goleiro do Oeste, o chamou de macaco; acusado se defendeu dizendo que também é negro

Por O Dia

Minas Gerais - O América-MG perdeu para o Oeste-SP, neste domingo, em partida válida pela 27ª rodada da Série B. A partida foi quente e terminou em confusão, quando Messias, zagueiro do time mineiro, acusou o goleiro adversário de tê-lo chamado de "macaco".

O zagueiro Messias%2C do América-MG%2C acusa o goleiro Rodolfo de tê-lo chamado de "macaco"Reprodução Internet

Pedindo a intervenção da Polícia, o defensor deixou o gramado revoltado, tendo que ser contido por companheiros, afirmando que foi derespeitado por Rodolfo, goleiro do clube paulista.

Não houve pancadaria, mas a aglomeração continuou por um bom tempo após o encerramento da partida. Já afastado da confusão, o acusado tentava se defender e dizia não ter cometido ato de racismo: "Eu também sou negro", dizia Rodolfo.

O América-MG saiu na frente, com gol de Edno, de pênalti, mas acabou sofrendo a virada com dois gols de Mazinho. O resultado mantém o Coelho na segunda colocação da Série B, enquanto que o Rubro-Negro de Itápolis assumiu a sétima posição.

Últimas de Esporte