Massa pede definição da Williams até Interlagos e minimiza teste com candidatos

Com futuro incerto, brasileiro ainda vê rumores de que ele poderia ser substituído pelo polonês Robert Kubica

Por O Dia

Japão - Tendo contrato com a Williams apenas até o final desta temporada, o brasileiro Felipe Massa voltou a falar sobre a indefinição do seu futuro na Fórmula 1 nesta quinta-feira, antes do início das atividades do GP do Japão, no circuito de Suzuka. E ele declarou que espera que a decisão sobre a sua situação seja tomada até a disputa do GP do Brasil, a penúltima prova do campeonato, agendada para 12 de novembro, no circuito de Interlagos, em São Paulo.

Felipe Massa quer definição até interlagosEfe

"Bem, não temos um prazo. Definitivamente, acho que seria bom para o time e também para mim que soubéssemos o que vai acontecer antes da corrida no Brasil. Veremos se isso será possível, mas eu realmente espero isso", afirmou Massa, que, em 2016, recebeu diversas homenagens na prova paulistana, pois estava prestes a se aposentar da Fórmula 1.

A sua saída da categoria acabou não ocorrendo, pois o finlandês Valtteri Bottas, até então o seu companheiro na Williams, se transferiu para a Mercedes, o que abriu caminho para uma reviravolta, o que lhe rendeu um novo contrato com a equipe inglesa para 2017.

Com futuro incerto, Massa ainda vê rumores de que ele poderia ser substituído pelo polonês Robert Kubica ou pelo britânico Paul di Resta. As informações são de que a Williams promoveria um teste com ambos utilizando carros antigos da equipe. O brasileiro garante que a situação não incomoda.

"Acho que isso não muda nada para mim. A Williams conhece 100% do que posso dar ao time. Se você faz um teste com um carro de quatro anos antes, é completamente diferente. Você também não pode avaliar demais. Então, não muda nada para mim, para ser sincero", disse.

Massa também reiterou o desejo de permanecer na Fórmula 1 em 2018, mas garantiu que está relaxado, apesar do impasse. "Estou bastante relaxado. Estou bastante interessado em fazer outra temporada. Eu acho que posso fazê-la de uma ótima maneira. Posso dar muito à equipe, como já fiz. Mas eu não decido", concluiu.

Após a disputa de 15 etapas, Massa é o décimo colocado no Mundial de Pilotos, com 33 pontos, apenas um a mais do que o estreante canadense Lance Stroll, o seu companheiro de equipe na Williams. As atividades do GP do Japão se iniciam às 23 horas (de Brasília) desta quinta-feira com a disputa do primeiro treino livre. A largada para a corrida em Suzuka será às 2 horas de domingo.

Últimas de Esporte