Narrador polemiza, chama Juve de 'time de terceira linha' e pede Jô na Seleção

Polêmicas foram ditas no programa 'Seleção SporTV' da emissora

Por O Dia

Rio - O clima esquentou entre Milton Leite e Raphael Rezende, colegas de SporTV, durante um programa do canal a cabo. Em debate estava a qualidade do atual elenco da Seleção Brasileira e o narrador questionava o nível de Roberto Firmino, afirmando que o atacante Jô seria melhor que o centroavante do Liverpool.

Milton Leite discutiu com Raphael Rezende e cornetou convocações de TiteDivulgação

Milton afirmou que seria mais fácil jogar pelo clube inglês do que pela Seleção, apontando ainda que o Liverpool, hoje, é um clube fraco. Além disso, afirmou categoricamente que preferia ver o centroavante do Corinthians tendo uma chance na equipe comandada por Tite.

"A gente vê o Firmino jogar no Liverpool. Liverpool é um time mediano, um time fraco da Europa. Se comparar com os outros grandes, é muito mais fácil jogar no Liverpool do que jogar com a camisa da seleção brasileira, né? Com todo o respeito ao Liverpool, porque já foi grande e tal. Agora, eu não acho que ele seja jogador de seleção brasileira, assim como tem outros no grupo que também não acho, mas, enfim, não sou o técnico. Não tem na fila porque a gente não tem testado. Eu acho o Jô, por exemplo, mais jogador do que o Firmino."

Adotando postura crítica, o narrador ainda envolveu o ponta Douglas Costa na conversa, indicando que o jogador da Juventus seria mais um supervalorizado. Para ele, o time italiano, vice-campeão da última Champions League, é "uma equipe de terceira linha".

"Eles são coadjuvantes nos times que eles jogam, tanto que o Douglas Costa é reserva de um time que hoje é terceira linha. Você pega o Douglas Costa, que vocês acham que é o máximo, ele sempre foi segunda linha, sempre foi um coadjuvante dos times que ele jogou. E ele joga em clube, não em seleção. No meu time não ia Firmino, não ia Giuliano, esses caras não jogariam comigo."

A resposta pelo lado de Raphael Rezende, comentarista do SporTV, foi direta e viu incoerências na fala do colega. 

"O Douglas Costa joga bola, o Firmino joga bola. Não precisa de 11 protagonistas, precisa é de um coletivo ajustado. Eles têm vaga na Seleção. Para o futebol de hoje, eles têm. [Se não chamar Giuliano e Firmino] não fecha 23. A gente tem que falar do futebol de hoje, você não tem 23 caras."

A discussão acabou encerrada pouco depois por Milton Leite, que afirmou respeitar a visão de Rezende, mesmo discordando.

Últimas de Esporte