Imparável! Hamilton quebra recorde no Japão e conquista 10ª pole no ano

Inglês da Mercedes fez a volta mais rápida da história de Suzuka, deixando o rival Vettel na segunda posição; Massa é o 8º

Por O Dia

Japão - Sem dar qualquer chance aos rivais, Lewis Hamilton fez grande exibição no treino classificatório do GP do Japão de Fórmula 1, neste sábado, e cravou sua 10ª pole position da temporada. O piloto inglês da Mercedes cravou ainda o recorde da pista, entre classificação e corridas, se colocando em situação ainda mais favorável na briga pelo título.

Lewis Hamilton segue colecionando poles: a 10º no ano, a primeira da carreira em SuzukaReprodução/Facebook/Lewis Hamilton

Ele ainda pôde comemorar a primeira pole da carreira no circuito de Suzuka. Com o resultado, ele "completou" todo o atual calendário da F-1, com pole em todas as etapas, obtida ao longo dos últimos anos. O novo recorde da tradicional pista japonesa agora é de 1min27s319, registrado pelo inglês, que foi o mais veloz nas três etapas do treino classificatório.

A alegria só não foi completa para Hamilton porque seu rival Sebastian Vettel, com quem vem brigando pelo título, vai largar em segundo. O alemão da Ferrari obteve o terceiro melhor tempo do Q3, mas subiu para segundo porque o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton na Mercedes, foi punido pela troca na caixa de câmbio e caiu para o sétimo lugar do grid.

Desta forma, os dois principais candidatos ao título vão largar lado a lado na madrugada deste domingo, em Suzuka. Com 34 pontos de vantagem sobre o alemão, o inglês pode encaminhar o título se vencer novamente. Para tanto, terá que superar os revezes dos últimos anos, quando foi batido pelo alemão Nico Rosberg.

O forte domínio de Hamilton no treino classificatório - com quase meio segundo de vantagem sobre Vettel - e a liderança de Bottas no terceiro treino livre, no começo do dia em Suzuka mostram que a Mercedes voltou ao topo, após apresentar ritmo inferior ao da Ferrari nas três últimas etapas - levou a melhor nestas provas mesmo assim, por causa dos vacilos dos rivais italianos.

Atrás de Hamilton e Vettel no grid estarão os carros da Red Bull O australiano Daniel Ricciardo largará em terceiro, seguido do holandês Max Verstappen, ambos beneficiados pela queda de Bottas no grid. A Force India vem logo em seguida, com o francês Esteban Ocon em quinto e o mexicano Sergio Pérez, em sexto.

O brasileiro Felipe Massa obteve o nono melhor tempo do treino, mas largará em oitavo, beneficiado por outra punição. O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, passou do sexto para o 11º posto na largada. O belga Stoffel Vandoorne, da McLaren, e o alemão Nico Hülkenberg, da Renault, completam o Top 10.

A dupla também ganhou posições por conta de punição. Desta vez foi a do espanhol Fernando Alonso, da McLaren. O bicampeão mundial caiu do 10º par o 20º e último lugar do grid. O inglês Jolyon Palmer e o espanhol Carlos Sainz Jr também foram sancionados e vão largar do pelotão do fundo do grid.

A corrida no Japão, a 16ª etapa da temporada, tem largada prevista para as 2 horas (horário de Brasília) deste domingo, em Suzuka.

Últimas de Esporte