Herói de título, jogador é preso por porte de drogas e por agredir mulher

Polícia confirmou que a vítima teria sinais de agressão em seu pescoço

Por O Dia

Estados Unidos - O cornerback Tracy Porter, herói de título do New Orleans Saints no Super Bowl XLIV, contra o Indianapolis Colts, foi preso nesta terça-feira, por porte de drogas e agressão a uma mulher, que realizou a denúncia.

Tracy Porter foi herói dos Saints no Super Bowl XLIVReprodução / Youtube

Porter teria discutido com essa mulher, que não teve sua identidade divulgada, e partido para as vias de fato quando ela ameaçou ir embora, empurrando-a contra seu carro e segurando seu pescoço, segundo informações do 'USA Today'.

A polícia confirmou que a vítima teria sinais de agressão, como lesões em seu pescoço. Já detido, Porter afirmou que segurou a mulher, mas que teria realizado o ato em defesa própria.

Durante a busca, os policiais encontraram maconha, uma arma e remédios controlados no carro do jogador, que não tinha receitas para os remédios e admitiu que tudo pertencia a ele, sendo indiciado, então, por posse e intenção de distribuição de drogas.

Hoje desempregado, Porter foi fundamental na vitória dos Saints no Super Bowl de 2009, quando interceptou Peyton Manning, considerado um dos melhores quarterbacks de todos os tempos, e anotando um touchdown, já na reta final da partida, quando o placar marcava 24 a 17 para o time de New Orleans.

O cornerback se manteve na equipe até o fim de 2011, quando se tornou agente livre e assinou contrato com o Denver Broncos, ficando uma temporada no time do Colorado. Desde então, passou por Oakland Raiders, Washington Redskins e Chicago Bears, de onde foi dispensado neste ano.

Últimas de Esporte