'Muito ansioso', Massa diz que EUA têm uma das melhores novas pistas da F-1

A própria atmosfera proporcionada pelos fãs de automobilismo em Austin é vista com empolgação pelo piloto brasileiro

Por O Dia

Estados Unidos - Apenas o atual 11º colocado do Mundial de Fórmula 1, com 34 pontos, Felipe Massa espera poder iniciar no GP dos Estados Unidos, marcado para acontecer neste domingo, uma boa arrancada nesta reta final da temporada, que tem apenas quatro corridas para o seu término. Após a prova norte-americana, o campeonato contará com as suas últimas três etapas no México, no Brasil e em Abu Dhabi.

Ao projetar o GP dos EUA, o piloto brasileiro da Williams procurou exibir otimismo ao dizer que o Circuito das Américas, em Austin, no Texas, é "definitivamente uma das melhores novas pistas do calendário" da F-1. "Embora eu adore pistas clássicas como as de Suzuka (no Japão) e Spa (Bélgica), Austin é também uma pista muito legal para se dirigir", ressaltou.

Felipe MassaEfe

A própria atmosfera proporcionada pelos fãs de automobilismo em Austin é vista com empolgação por Massa, que no ano passado terminou a corrida norte-americana na sétima posição. "É um lugar em que gosto de correr e do qual gosto de visitar porque as pessoas são muito acolhedoras. É ótimo ver as pessoas na cidade, se divertindo, é realmente uma atmosfera legal. Estou muito ansioso por ter uma boa corrida lá e me divertir no Texas", completou o brasileiro.

Depois de ter adiado a sua aposentadoria da Fórmula 1, na qual permaneceu para esta temporada depois que Valtteri Bottas, seu ex-parceiro de equipe, foi contratado para o lugar do alemão Nico Rosberg na Mercedes, Massa pode estar vivendo os seus últimos meses como piloto da categoria máxima do automobilismo.

Sem conseguir resultados expressivos há tempos, o brasileiro admitiu recentemente a possibilidade de renovar o seu contrato com a Williams, mas a equipe britânica está avaliando possíveis substitutos para o seu posto, sendo que a outra vaga de titular do time para 2018 já está garantida ao jovem canadense Lance Stroll.

Um dos candidatos a assumir o posto de Massa é Robert Kubica, que participou na última quarta-feira de um teste pela equipe britânica no circuito de Silverstone, para onde o polonês tinha agendado um outro teste nesta terça-feira.

Kubica, que venceu um GP durante a sua passagem pela categoria, precisou se afastar da Fórmula 1 às vésperas do início da temporada 2011 após sofrer um grave acidente de rali. Agora, ele trabalha para voltar ao grid da F-1, também tendo participado de testes pela Renault.

O britânico Paul di Resta, piloto reserva da Williams e que correu o último GP da Hungria após o brasileiro sentir um mal-estar após um dos treinos livres da corrida, é outro candidato a ficar com a vaga de Massa na temporada de 2018.

Últimas de Esporte