City bate o Burnley e aproveita derrota do Manchester United para disparar

Os resultados permitiram ao time de Guardiola City disparar na liderança

Por O Dia

Inglaterra - O Manchester City teve dois motivos para comemorar neste sábado, na nona rodada do Campeonato Inglês. Não bastasse outra vitória convincente na competição, por 3 a 0 sobre o Burnley, em casa, o time ainda viu o rival Manchester United tropeçar e ser derrotado pelo Huddersfield Town por 2 a 1, na casa do adversário.

Os resultados permitiram ao City disparar na liderança da tabela, agora com 25 pontos, cinco à frente do segundo colocado, justamente o United. O time de José Mourinho pode ser alcançado pelo Tottenham, que tem 17 pontos e ainda atua na rodada. O Burnley ocupa o oitavo lugar, com 13 pontos, e o Huddersfield é o décimo, com 12.

Manchester City venceu mais uma no InglêsAFP

Em Manchester, o City encontrou no Burnley um adversário bastante complicado. O argentino Sergio Agüero, de volta após se recuperar do acidente de carro sofrido no mês passado, era a esperança de gols da equipe, enquanto Gabriel Jesus, poupado, começou no banco.

O início do duelo foi complicado e o goleiro Pope apareceu para salvar o Burnley em algumas oportunidades. Até que aos 27 minutos, ele tocou Bernardo Silva por baixo e cometeu pênalti. Agüero foi para a cobrança e marcou o 177.º gol pelo City, igualando Eric Brook como maior goleador da história do clube.

O gol embalou o City, que passou a criar mais chances e só não ampliou porque Pope estava em dia inspirado. Nos últimos minutos da etapa inicial, o goleiro fez grandes defesas em finalizações de Agüero e De Bruyne. O Burnley respondeu com Arfield, mas a bola saiu por pouco.

Na etapa final, David Silva foi outro a parar em Pope, mas na cobrança de escanteio, Otamendi subiu para marcar o segundo. A torcida ainda comemorava quando Sané marcou o terceiro. O alemão recebeu passe preciso de De Bruyne, invadiu a área e bateu cruzado.

Logo depois, Gabriel Jesus entrou em campo na vaga de Agüero. O brasileiro chegou a ter grande chance, de frente para o gol, mas parou em Pope. Nos acréscimos, Sané também saiu de frente para o goleiro, mas jogou para fora o último bom momento da partida.

MANCHESTER UNITED É DERROTADO

O caçula Huddersfield Town foi o responsável pela grande surpresa do dia no Inglês ao superar o gigante Manchester United. Jogando de igual para igual, a equipe da casa construiu o placar no primeiro tempo e saiu na frente logo aos 27 minutos. Em rápido contra-ataque, Mooy aproveitou rebote de De Gea para marcar.

O Manchester, então, se lançou ao ataque, mas viu uma falha bizarra de Lindelof comprometer a partida. Aos 32 minutos, o zagueiro errou ao tentar afastar o chutão pra frente do goleiro Lössi e permitiu que Depoitre ficasse com a bola. O atacante ainda driblou De Gea antes de marcar.

O Manchester só voltou a crescer na etapa final, mas parou na defesa bem postada do Huddersfield. Até que aos 32 minutos, Lukaku recebeu na direita e cruzou na cabeça de Rashford, que finalizou para a rede. Os visitantes ainda seguiram em cima até o apito final, mas a reação parou aí.

OUTROS RESULTADOS

Ainda neste sábado, o Leicester visitou o Swansea, venceu por 2 a 1 e deixou a zona de rebaixamento. Pelo mesmo placar, o Bournemouth bateu o Stoke City, também fora de casa. Já o Newcastle recebeu o Crystal Palace e afundou o adversário na lanterna ao fazer 1 a 0.

Últimas de Esporte