Jogos eletrônicos na Olimpíada? COI admite possibilidade de reconhecer atividade

Comitê explicou que deseja atrair mais jovens para o Movimento Olímpico

Por O Dia

Lausanne - Quem perdeu muito tempo jogando videogame na infância e teve de escutar reclamações sobre não praticar esportes pode ter um motivo de resposta muito em breve. Uma reunião do Comitê Olímpico Internacional (COI) indicou a possibilidade de alçar os chamados e-Sports ao mesmo patamar de outras práticas esportivas.

Comitê Olímpico Internacional pode reconhecer e-Sports como esporteReprodução/Twitter

Buscando mais atenção dos jovens para o Movimento Olímpico, o COI apontou uma reunião com a indústria dos jogos eletrônicos e com jogadores para estabelecer uma relação e diálogo entre as entidades.

"Os e-Sports estão mostrando um forte crescimento, especialmente dentro do grupo demográfico juvenil em diferentes países, e podem fornecer uma plataforma para envolvimento com o Movimento Olímpico. A Cúpula convidou o COI junto com o GAISF para dialogarem com a indústria de jogos e os jogadores para explorar esta área ainda mais e retornar às partes interessadas do Movimento Olímpico no devido tempo", afirmou o COI em nota oficial.

Entretanto, antes de dar o passo final, que envolveria tratar os e-Sports como esporte, de fato, é preciso criar uma "uma organização que garanta o cumprimento das regras e regulamentos do Movimento Olímpico (antidopagem, apostas, manipulação, etc.)", como define o Comitê.

Últimas de Esporte