Guerrero é suspenso por 30 dias após 'resultado adverso' em exame antidoping

Decisão tira o atacante dos duelos de repescagem para a Copa do Mundo contra a Nova Zelândia e dos jogos do Flamengo na Copa Sul-Americana

Por O Dia

Lima - O atacante peruano Paolo Guerrero foi suspenso por 30 dias pela FIFA, nesta sexta-feira, depois de resultado analítico adverso detectado em exame antidoping em urina coletada na partida contra a Argentina, informou a Federação Peruana de Futebol (FPF).

Guerrero foi suspenso por 30 diasAFP

A decisão tira o atacante dos duelos de repescagem para a Copa do Mundo da Rússia-2018 contra a Nova Zelândia e impossibilita o atleta defender o Flamengo no Brasileirão e na Copa Sul-Americana contra o Junior Barranquilla, da Colômbia.

Segundo Víctor Carpio, diretor da Comissão Nacional Antidopagem do Peru, a substância S-6 se refere a uma categoria de estimulante, onde estão incluídas desde antigripais até drogas sociais como maconha e cocaína. A investigação pode demorar até 90 dias.

"Existem 70 substâncias ali, como antigripais, drogas sociais, antidepressivos. A substância ainda não é pública. As punições vão desde uma multa até quatro anos de suspensão, dependendo do tipo de substância", disse ao 'Canal N'.

Segundo Carpio, joga a favor de Guerrero o fato do atacante ser um lutador contra o doping. "O último controle foi feito pela Conmebol em setembro, mas teve outro em março, em fevereiro. Isso o ajuda muitoporque foram negativos".

Confira o comunicado da Federação Peruana de Futebol:

"A Federação Peruana de Futebol informa que, finalizada a partida disputada no último 5 de outubro de 2017 contra a seleção da Argentina, nosso selecionável Paolo Guerrero foi submetido a um controle antidoping de acordo com o protocolo geral estabelecido na etapa preliminar da competição Rússia 2018.

No dia de hoje, 3 de novembro, às 14h09 (horário local), o Presidente da Comissão Disciplinar da Fifa nos acaba de comunicar a medida provisória de suspensão por 30 dias de nosso selecionável PaoloGuerrero por um resultado analítico adverso no controle mencionado. A FPF acata e respeita essa decisão da Fifa e confia em que breve se esclareçam os fatos e se resolva definitivamente esse processo.

Paolo, capitão e líder da nossa seleção, cumpre um rol muito importante para nossa seleção dentro e fora do campo graças à qualidade da pessoa que sempre evidenciou. Valorizamos sua imensa contribuição para a nossa seleção pelo que a FPF e o Peru inteiros se solidarizam com ele nesses momentos difíceis."

Com informações da AFP

Últimas de Esporte