Chefe de sistema de vídeo na Alemanha é afastado por favorecer time do coração

Hellmut Krug, responsável por coordenar implementação do VAR teria favorecido o Schalke 04 e levanta polêmica sobre a tecnologia

Por O Dia

Alemanha - O sistema de árbitro de vídeo passou por um longo debate e sofreu muitas críticas até ser finalmente implementado em alguns dos principais campeonatos europeus. Entretanto, na Alemanha, a polêmica segue viva. Nesta segunda, o chefe da nova tecnologia foi demitido, acusado de favorecer seu time do coração.

Chefe do controle de árbitro de vídeo da Alemanha recebeu cartão vermelho por favorecer seu time de coraçãoChristian Charisius / dpa / AFP

Hellmut Krug, que coordenava a implementação do sistema, acabou afastado pela Federação Alemã, porque teria favorecido o Schalke 04, time pelo qual torce, na partida contra o Wolfsburg.

O jogo terminou empatado em 1 a 1, mas Krug teria intervido duas vezes na partida para favorecer o Schalke, segundo o jornal Bild, que apontou a marcação de um pênalti a favor da equipe de Gelsenkirchen como principal motivo para as críticas à atuação do coordenador.

Ele acabou substituído e passa a assumir uma função sem conexão com o VAR na federação. Lutz Michael Fröhlich, que entrou em seu lugar, reiterou que o árbitro, em campo, deve ser respeitado e deve tomar suas próprias decisões.

Como medida preventiva, a Federação também proibiu que os supervisores da partida possam se comunicar com o árbitro de vídeo enquanto a bola rola.