Após viver drama com morte da esposa, meia tenta dar a volta por cima no futebol

Jogador chegou a pensar em aposentadoria, mas retomará a carreira

Por O Dia

Rio - O meia Léo Lima passou por um drama em julho, após a morte da esposa Nathália, vítima de um câncer no estômago. Ele jogava pelo Santa Cruz e acabou pedindo rescisão de contrato com o clube pernambucano. Agora, passados alguns meses, o atleta de 35 anos quer dar a volta por cima na carreira depois de cogitar a aposentadoria.

Léo Lima está de volta ao MadureiraAndré Soares/Madureira EC

O jogador acertou o seu retorno para o Madureira e será um dos reforços da equipe para a disputa do Campeonato Carioca no ano que vem. No Madureira, Léo Lima reencontrará o amigo Souza, que renovou o contrato com o clube. Eles foram bicampeões estaduais na base pelo Madureira (1997 e 1998), campeões mundiais Sub-17 pela seleção brasileira (1999) e campeões estaduais por Vasco (2003) e Flamengo (2007).

Léo Lima estava no clube pernambucano desde o fim de maio para a disputa da Série B e tinha contrato até o fim da atual temporada. No total, o meio-campista disputou nove partidas com a camisa do Santa Cruz, duas como titular, e marcou um gol.