Maradona quer voltar a comando da Argentina para recuperar prestígio da seleção

Ex-jogador publicou imagem em seu Instagram onde exalta seu desempenho, tendo o melhor aproveitamento entre últimos treinadores

Por O Dia

Argentina - A Argentina se classificou à Copa do Mundo de 2018 com alguma dificuldade, em situação que revoltou diversos torcedores. Um deles foi o ex-jogador Diego Armando Maradona, que já treinou a seleção e indicou que quer ter nova chance.

Em seu Instagram oficial, Maradona publicou uma tabela onde compara o aproveitamento dos últimos treinadores da seleção argentina, desde 1974. O seu é o melhor de todos. Na postagem, o ex-meia afirma querer voltar ao cargo.

"Quem ganhou mais? Tiremos nossas conclusões. Estou revoltado porque tiraram nosso prestígio, mas a culpa não é dos rapazes. Quero voltar!", escreveu.

Em sua passagem pela Argentina, que incluiu a Copa de 2014, onde a seleção foi eliminada nas quartas de final, após sonora goleada de 4 a 0 ante a Alemanha. No total, teve 24 partidas, com 18 vitórias e apenas seis derrotas.

Últimas de Esporte