Narrador icônico não poupa críticas a emissora: 'Perderam o respeito'

Silvio Luiz falou sobre sua saída da Bandeirantes, onde fez história

Por O Dia

Rio - A relação de Silvio Luiz, icônico narrador que passou mais de uma década na Bandeirantes, com a emissora, não terminou de maneira amigável. Hoje na Rede TV, ele explicou sua saída da Band e detonou os antigos empregadores.

Silvio Luiz mostrou mágoa com a BandReprodução / Youtube

Em entrevista ao jornalista Luiz Ceará, Silvio Luiz criticou a falta de respeito que a emissora tem pelos jornalistas que lá trabalham e relembrou um caso relacionado ao programa Custe o Que Custar, o CQC.

"A Bandeirantes não tem respeito por ninguém. Perderam o respeito pelos profissionais. É só você acompanhar notícias sobre televisão. O pessoal do CQC foi mandado embora e só ficou sabendo pela imprensa. Falta de respeito por aquilo que você representou para a empresa."

O episódio que gerou sua demissão do Bandsports, canal onde passou a trabalhar depois de deixar a TV Bandeirantes, também foi explicado pelo narrador. Segundo o próprio, tudo girou em torno de problemas com o cenário onde apresentava um programa.

"Uma das cadeiras quebradas estava no fundo do estúdio. Tirei uma foto e coloquei no Twitter, um pouco antes da Copa do Mundo. Depois de uma semana, Eduardo, diretor do canal, me chamou e falou: ‘tiraram você da Copa’. Então, respondi: ‘então vou me tirar do BandSports. Não foi por incompetência ou falta de profissional. Foi por essa razão e a falta de respeito com os funcionários."

Aos 83 anos, o narrador que já foi árbitro de futebol e tem passagens também pelo rádio, segue na ativa, principalmente em jogos da Série B do Campeonato Brasileiro.

Últimas de Esporte