Conmebol atende pedido do Grêmio e impede participação de Baldassi na final

Nacionalidade do árbitro da decisão de 2008 não agradou aos tricolores gaúchos

Por O Dia

Rio - O argentino Héctor Baldassi, árbitro da final da Libertadores de 2008, estava escalado para fazer nova participação na decisão deste ano. Entretanto, a Conmebol ouviu os pedidos do Grêmio e resolveu retirá-lo da escala para o jogo de volta.

Héctor Baldassi apitou Fluminense x LDU%2C no Maracanã%2C em 2008 e%2C para muitos%2C influenciou no resultadoDivulgação

O ex-árbitro não atuaria dentro de campo, mas faria uma espécie de avaliação do desempenho do trio de arbitragem que comandaria a partida, redigindo um relatório que seria entregue à Conmebol.

O motivo do requerimento gremista é o fato de Baldassi ser do mesmo país que o Lanús, adversário do tricolor gaúcho na final. No jogo de ida, o assessor foi chileno. Após as reclamações do Grêmio, um colombiano, de nome ainda não divulgado, ocupará o posto.

Depois de vencer por 1 a 0 no jogo de ida, em Porto Alegre, o Grêmio depende apenas de um empate para deixar a Argentina, na próxima quarta-feira, com o título da Libertadores.

Últimas de Esporte