Chapecoense é homenageada com cápsula do tempo na Colômbia

Uma placa com todos os nomes da tragédia foi fixada em um memorial

Por O Dia

Colômbia - Um ano depois do trágico acidente aéreo nas cercanias de Medellín, na Colômbia, o Atlético Nacional e o governo de Antioquia fizeram mais uma homenagem à Chapecoense na última terça-feira. A cerimônia lembrou as 71 vítimas da queda do avião na noite de 28 de novembro do ano passado, horas antes da decisão da Copa Copa Sul-Americana entre os clubes.

Cápsula do tempo para homenagear a ChapecoenseAFP

O clube colombiano, que enfrentaria a Chape na final da Copa Sul-Americana e foi consagrado como vice-campeão da competição, fez uma "cápsula do tempo", que ficará em um memorial e será aberta daqui a 40 anos.

Dentro dela haverá uma placa contendo os 71 nomes das vítimas e dos seis sobreviventes, além de uma camisa da Chape com mensagens dos envolvidos na tragédia. Uma placa com todos os nomes também foi fixada em um memorial criado no parque, cercado de flores.

"A tarefa que nos resta é continuar homenageando a vida de nossos heróis com atos como este", declarou o prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez.

Últimas de Esporte