Artilheiro da Libertadores é processado por exercício ilegal de medicina

Advogados de defesa afirmaram que o jogador não vai se pronunciar até o seu julgamento. Ele é acusado de dopar um animal e levá-lo à morte

Por O Dia

Argentina - O atacante argentino José Sand foi o destaque do Lanús na campanha histórica da equipe, que ficou com o vice-campeonato da Copa Libertadores. No entanto, fora das quatro linhas o jogador está em apuros.

Sand está sendo processado na ArgentinaAFP

O atacante de 37 anos foi processado pela Justiça argentina por dopagem de animais, jogo clandestino, exercício ilegal de medicina e associação ilícita. Ele também responde pela morte de sua égua 'Dona Fantasia', em agosto.

Depois de um corrida na cidade de Corrientes, o animal morreu. Após a exumação do cadáver, foi detectada uma parada cardiorrespiratória. O motivo seria um coquetel de ilegal de drogas para melhorar o rendimento na pista.

Os advogados de defesa afirmaram que o jogador não vai se pronunciar até o seu julgamento, que está marcado para o fim do mês. Em virtude das festas de fim de ano, o tribunal deve adiar o veredicto para janeiro.

Últimas de Esporte