Ex-jogador do Palmeiras e Corinthians é preso por não pagar pensão alimentícia

Segundo a Justiça, o valor da dívida supera a casa dos R$ 600 mil

Por O Dia

São Paulo - O ex-lateral Rogério, que teve passagens pelo Palmeiras e Corinthians no final dos anos 1990 e início de 2000, foi preso na madrugada da última quinta-feira, pela Polícia Rodoviária Federal, na Rodovia Castelo Branco, na cidade de Avaré, no interior de São Paulo. Ele estava sendo procurado pela Justiça pelo não pagamento de pensão alimentícia, e segundo a polícia, o valor devido supera a casa dos R$ 600 mil.

Rogério também jogou pelo FluminenseReprodução Internet

De acordo com o portal G1, Rogério, que ficou sem pagar pensão entre dezembro de 2012 e julho de 2016, estava com sua esposa no momento em que foi parado por uma blitz de rotina em frente à base da PRF. Como ele já tinha um mandado de prisão emitido, o Boletim de Ocorrência foi registrado como "captura de procurado".

No momento de sua captura, Rogério estava voltando de Avaré, onde participou, ao lado dos ex-jogadores Edílson Capetinha e Careca, de um jogo festivo de futsal em Ourinhos, cidade próxima de Avaré.

CARREIRA

Rogério iniciou sua trajetória futebolística no União São João de Araras e anos mais tarde fez parte do elenco vitorioso do Palmeiras que levantou a taça de campeão da Copa Libertadores de 1999. O ex-lateral ficou bastante conhecido após ser "vítima" das famosas pedaladas de Robinho, em 2002, ano em que o Santos foi campeão brasileiro. Ele também teve passagens pelo Sporting-POR, Fluminense, São Caetano, Grêmio Osasco e encerrou a carreira no Barra da Tijuca, em 2013.