Ex-mulher de jogador da NBA é presa acusada de assassinato

Atleta jogou por cinco times em 13 temporadas na liga americana

Por O Dia

EUA - Após sete anos, um crime que chocou a NBA ganha novos fatos. A ex-mulher do jogador da NBA Lorenzen Wright foi presa neste sábado acusada de ter conexão com a morte do jogador, ocorrida em 2010. Sherra Wright foi presa sob a acusação de assassinato em primeiro grau de Lorenzen. As informações são do diretor da polícia de Memphis, Michael Rallings, e foram divulgadas pela imprensa internacional. 

Lorezen Wright foi morto em 2010Divulgação

A investigação do caso ocorrido há sete anos estava dificultada pela falta de provas e, até agora, o assassinato não tinha sido desvendado pela polícia. Uma arma que teria sido usada no crime foi encontrada em Mississippi em um lago que, de acordo com declarações do diretor de polícia de Memphis, fica a aproximadamente 120 km de Memphis. A polícia segue as investigações em busca de mais envolvidos na morte do jogador da NBA.

Lorezen Wright teve um carreira considerável na NBA, onde atuou por 13 temporadas. O jogador iniciou a carreira na liga em 1996, vestindo a camisa do Los Angeles Clippers. O jogador ainda passou por Atlanta, Memphis, Sacramento e Cleveland antes de encerrar a carreira na temporada 2008/2009.

Últimas de Esporte