Sampaoli causa polêmica ao xingar policial que abordou seu carro na Argentina

Jornal 'La Nacion' disse que o treinador precisa dar explicações e ainda afirmou que em outros países 'ele estaria desempregado'

Por O Dia

Argentina - O técnico da seleção argentina, Jorge Sampaoli se envolveu em uma grande polêmica no país ao ofender um policial durante uma abordagem em Casilda, sua cidade-natal. Segundo o jornal 'Olé', ele estava voltando do casamento de sua filha, quando foi abordado pelas autoridades e ficou furioso quando foi solicitado o teste de bafômetro em sua mulher.

Jorge Sampaoli é técnico da seleção da ArgentinaEFE

Havia oito pessoas no carro e o oficial pediu para que o veículo fosse esvaziado. Essa teria sido a origem da discussão. Durante um bate-boca, logo depois de ser segurado por conhecidos, Sampaoli ofende o policial dizendo que ele "ganha 100 pesos, cerca de R$18 por mês". O vídeo com a ofensa viralizou na Argentina ao longo do Natal e causou um grande problema ao treinador da seleção.

O jornal 'La Nacion' disse que Jorge Sampaoli precisa dar explicações e ainda afirmou que em outros países "ele estaria desempregado".

"Esta frase revela uma visão de mundo inaceitável. Não se deve permiti-la no futebol argentino e muito menos na sociedade argentina. Como o agente não fez o que ele esperava, o técnico da seleção optou por denegri-lo jogando na cara seu poder e sua superioridade econômica. Isso não fala bem dele, um dos homens mais importantes e influentes do país. Poucas coisas denigrem mais o ser humano que humilhar o mais débil.''

Últimas de Esporte