Cyborg rebate Rener Gracie: 'Ele ignora as dificuldades que uma menina passa'

Brasileira se irritou com declarações de treinador de Ronda

Por O Dia

Rio - Crise de relacionamentos no MMA brasileiro. No começo da semana, o faixa preta Rener Gracie, um dos responsáveis por treinar a campeã dos pesos galos do UFC, Ronda Rousey, mirou os seus ataques para a lutadora Cris Cyborg. O filho de Rorion Gracie e neto de Hélio Gracie disse que a brasileira teria mais crédito que merecia. Nesta quarta-feira, a lutadora resolveu responder.

Cris Cyborg tem rivalidade com RondaDivulgação

"Não me surpreende que você fale coisas ruins sobre a minha pessoa. Sua atleta fez uso da mesma técnica para se promover e construir seu nome. Muito crédito? Quem é você para falar em respeito? Você não sabe a dureza que é a vida de um lutador. Você nasceu com uma vida de luxo, não sabe a dificuldade que uma menina brasileira passa na América. Nenhum evento fez meu nome, apenas sangue e suor, estilo Chute Boxe.. Ninguém fez meu nome além de mim, e olha que não tenho o nome do meu avô para me apoiar", desabafou a campeã peso pena do invicta em postagem no fórum norte-americano "The Underground". "Vá promover seus estudantes onlines enquanto eu conquisto meu crédito lutando, e aproveite e pergunte aos verdadeiros Gracies qual o significado da palavra respeito", disse se referindo às aula de jiu-jitsu online aplicadas por Rener e seu pai.

A rivalidade entre Cris Cyborg e Ronda Rousey é bem antiga. Quando a norte-americana ainda era do Strikeforce, já surgiram especulações sobre um possível duelo contra a brasileira, que até então não tinha concorrente entre as mulheres. Com a criação do peso galo feminino no UFC, Ronda migrou como campeã e não tomou conhecimento das adversárias. Cyborg segue fazendo o mesmo no invicta FC, só que na categoria de cima. Segundo o Ultimate, a brasileira precisa baixar para 61 kg para o duelo acontecer.

Últimas de _legado_MMA