Chris Weidman critica Anderson Silva e coloca legado do Spider em dúvida

Americano afirmou que Spider deu mau exemplo com doping

Por O Dia

Rio - Chris Weidman é o maior algoz que Anderson Silva teve dentro do octógono. O americano tirou o cinturão do Spider, depois de dez defesas dos títulos dos pesos médios, depois derrotou o brasileiro na revanche, em uma luta que o ex-campeão quebrou a perna e ficou mais de um ano sem lutar. Agora, o americano parece querer se opor a Anderson com as palavras. Depois de Jon Jones, Roy Jones Jr e Lyoto Machida terem saído em defesa do Spider, após o brasileiro ser pego no exame antidoping, o atual vencedor do UFC criticou o ex-adversário e disse que o legado do lutar foi colocado em dúvida.

Weidman venceu Anderson Silva pro duas vezesDivulgação

"O legado dele está em xeque neste ponto. Não há como voltar atrás. E o que mais me deixa preocupado com essa situação toda do Anderson Silva e outros caras sendo pegos são os caras jovens que estão vindo no esporte, começando. Agora eles vão achar que precisam começar a tomar esteróides e ainda especular se o Anderson tomou isso sua carreira toda. Vão ficar imaginando se eles estava fazendo isso e que ele ganhou, vamos dizer, 50 milhões. ‘Se ele fez isso e foi capaz de tomar conta de si mesmo e de sua família pelo resto da vida, talvez valha a pena’, eles podem pensar assim. Minha mensagem a esses caras é que eu sou um campeão e nunca tomei nenhuma droga para aumento de desempenho. Eu jamais faria isso", disse.

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

Chris Weidman defende o cinturão dos médios do UFC contra Vitor Belfort no dia 23 de maio, em Las Vegas (EUA), pelo UFC 187. No mesmo evento, Jon Jones defende o título dos meio-pesados da organização contra Anthony Johnson.

Últimas de _legado_MMA