McGregor 'rouba' cinturão de Aldo que provoca: 'Irlandeses não têm um ídolo'

Confronto valendo o cinturão do peso pena será em julho

Por O Dia

Irlanda - A rivalidade e a expectativa para a luta entre José Aldo e Conor McGregor aumentam a cada dia. Nesta terça-feira, o brasileiro foi até Irlanda em evento promocional para o combate que acontece em julho. Em uma tentativa de responder ao irlandês, que quando esteve no Rio provocou muito o campeão, Aldo se nomeou o "Rei de Dublin" durante a coletiva de imprensa. A atitude irritou muito o lutador irlandês, que em casa, se levantou gritou com Aldo, passou pelo presidente do UFC, Dana White, e pegou o cinturão dos pesos penas. A atitude levantou o público local, mas irritou o brasileiro que reagiu a provocação.

Conor McGregor e José Aldo se estranharam na IrlandaReprodução Internet

José Aldo e Conor McGregor se enfrentam no dia 11 de julho, em Las Vegas. Irritado com a confusão, o brasileiro partiu para cima do irlandês, mas os dois foram separados por Dana. Quando tomou a palavra, o campeão fez críticas não só ao adversário, mas também ao seu país.

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

"Foi tranquilo, já esperava, principalmente pelo fato de eles não terem ídolo, não terem nada. Não foi nada, isso não é nada! Nunca vai ser nada. Não senti nada, o máximo que ele pode fazer é isso, porque na próxima vez que estivermos frente a frente, vou bater muito na cara dele", disse.

O clima tenso entre os dois e de delírio dos irlandeses presentes no local acabaram por abreviar a entrevista. Na encarada final, os dois não pararam de gritar um com o outro, e Dana novamente teve trabalho para mantê-los afastados. Depois, os lutadores posaram lado a lado para que fotos fossem tiradas.

Últimas de _legado_MMA